Produtos

Acidulantes

Aumentam a acidez e/ou intensificam o sabor ácido, além de serem úteis por aumentarem a eficácia dos conservadores.

  • Ácido L-Ascórbico | Ácdio L-Ascórbico - Fórmula: C6H8O6

    Finalidade

    Antioxidante para mostos e vinhos.

    O ÁCIDO L-ASCÓRBICO é muito elicaz no processo de estabilização química e física do vinho.

    Devido a sua ação antioxidante, previne os fenômenos de oxidação mantendo estável a cor, assim como as características sensoriais do vinho.

    Importante: para que possa exercer a sua ação antioxidante de forma adequada, o ÁCIDO L-ASCÓRBICO tem que ser protegido com um nível adequado de anidrido sulfuroso livre.

  • Ácido Cítrico | Ácido Cítrico - Fórmula: C6H8O7

    Finalidade

    Correção da Acidez em mosotos e vinhos.

    O ÁCIDO CÍTRICO é um complexante eficaz do ferro, com o qual forma complexos solúveis. Esta reação previne as precipitações e as turvações provocadas por este metal (oxidações, casse férrica, etc).

    Esta propriedade também lhe permite desempenhar uma ação sinérgica na proteção das oxidações.

     

  • Ácido Tartárico | Ácido L(+) Tartárico.

    Finalidade

    Correção da acidez em vinhos e mostos.

    O ácido tartárico é um acidificante que possui aspecto sólido cristalino e translúcido.

  • Controssid | Metabissulfito de potássio: 50%, Ácido L-ascórbico: 30% e Tanino gálico: 20%

    Finalidade

    Antioxidante para mostos e vinhos

    Devido ao seu elevado poder antioxidante e ao efeito sinérgico de seus componentes, CONTROSSID previne a oxidação do mosto protegendo o potencial varietal de cada vinho.

    O ácido L-ascórbico age duplamente, reagindo rapidamente com o oxigênio do meio e inbindo a atividade das lacases.

    O tanino gálico possui papel antioxidante e antiradicalar, sendo capaz de bloquear a formação de peróxido de hidrogênio (decorrente da reação da vitamina C com o oxigênio).

    Estes aspectos atuam em conjunto aumentam a eficiência antiséptica do metabissulfito de potássio.

  • Ácido Lático | Ácido L (+) Láctico 

    Finalidade

    - Maior equilíbrio sensorial, devido ao aporte de sensações de maciez e suavidade.
    - Aumento da formação de ésteres de ácido láctico (etillactato isoamilo e lactato); bouquet mais intenso e atraente.
    - Aumento da solubilidade dos sais de potássio; não diminui a acidez total após estabilização a frio.
    - Aumento da capacidade de tamponamento sem formar precipitados.
    - Aumento da acidez total mantendo a concentração de potássio.
    - Estabilidade microbiológica.
    - Aumento da estabilidade da matéria corante.

    Modulador de acidez que se mantém estável, podendo ser adicionado momentos antes do engarrafamento.




Clique para ver o mapa

Contato

Gostaríamos de receber suas sugestões, dúvidas ou reclamações. Por favor utilize o formulário abaixo, retornaremos o mais breve possível.